Avaliação de desenpenho

Estimula a melhoria da produtividade e qualidade dos empregados, através do estabelecimento e acompanhamento do contrato de metas, agregando valor financeiro aos esforços diferenciados.

Não há utilidade em vincular a remuneração ao desempenho, se sua empresa não mede ou não está disposta a pagar muito mais para um desempenho superior.

As metas de desempenho que sua empresa irá utilizar dependerá da organização e seus objetivos. Pode ser baseada em desempenho financeiro, produtividade, melhoria da qualidade, valor econômico agregado, atendimento ao cliente / distribuidor, volume, marketshare, entre outros.

Muitas organizações são da opinião de que a ligação entre esses critérios é o mais adequado. Os critérios de medição devem ser entendidos pelos empregados que participam do programa. Resultado final: O desempenho não pode ser medido com precisão e o programa não vai funcionar (ou não será totalmente eficaz) se os funcionários não entendem como eles estão sendo avaliadas ou se eles não podem entender a relação entre os seus esforços e os resultados desejados.

A Gestão de Objetivos desfruta de grande popularidade. Especialistas como Diretores e Gerentes de Recursos Humanos, respondem com entusiasmo e ênfase que este sistema coloca sobre os resultados a responsabilidade dos subordinados pelo alcance e não só pelas qualidades pessoais.

Na verdade, Gestão de Objetivos provou ser um veículo útil para aumentar a quantidade ea qualidade da comunicação entre Diretores / Gerentes e seus subordinados com respeito a responsabilidades, objetivos, planos e resultados.

Assim, acreditamos que todos os programas de gestão por objetivos devem incluir o estabelecimento de metas desafiadoras, mas realistas.